Ir em baixo
AJC
AJC
Moderador
Moderador
Mensagens : 67
Data de inscrição : 20/11/2016
Idade : 52
Localização : Três Marias

Os catálogos para céu profundo Empty Os catálogos para céu profundo

em Julho 9th 2017, 10:52
Muitos querem observar aqueles objetos tênues no céu mas não sabem por onde começar. Seguem abaixo algumas dicas essenciais.

1 - Comece pelos objetos M de Messier. O francês Charles Messier foi o primeiro a compilar um catálogo de DSOs, Deep Sky Objects, objetos de céu profundo nos primórdios da observação visual com telescópios, no século 18. São galáxias, aglomerados e nebulosas. Os números iniciais foram descobertos primeiro,  logo tendem a ser os mais brilhantes. Temos então o M2, o M4, o M5 o M6, o M7,  a M8 (uma nebulosa), M9, M10, M12,  M 15, M22, M 31, M41,  M42 e M44. São alvos interessantes para se iniciar em DSOs.

2 - o catálogo Cadwell: o astrônomo britânico Patrick Moore compilou um catálogo com alguns objetos não vistos por Messier,  principalmente os mais visíveis no hemisfério sul.

3 - O catálogo Herschel: ainda no século 18, contemporâneo a Messier, William Herschel descobriu e registrou mais de 2.000 objetos, todos identificáveis pela observação visual.

4 - O catálogo NGC: compilado à partir do catálogo de Herschel, John Dreyer organizou dados obtidos por mais de 100 observadores para publicar o mais completo catálogo de DSOs feito por observação visual: são mais de 7.000 objetos publicados em 1.888 com duas atualizações até o início do século 20.

Uma dica válida para DSOs,  no geral: objetos mais tênues são melhor localizados acima de 40 graus de altura. Alguns programas de computador mostram um valor correspondente ao brilho de superfície: quanto maior o valor, mais espalhado é o objeto, dificultando sua identificação.

_________________
____________
AJC
Pesquisador pela AAVSO e membro colaborador do VTOL
www.astrotopico.forumeiros.com
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum