.


    Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Compartilhe
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 146
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  JonasJ em Dom Fev 05, 2017 7:37 pm

    Nessa madrugada, 05.fev.17, em torno das 2h00, o céu apresentou uma visibilidade entre razoável e boa, desconsiderando algumas nuvens passageiras, de modo que pude realizar uma boa observação do planeta Júpiter.
    Utilizei um catadióptrico 5" e ocular 18mm Starguide, que havia comentado aqui na época em que estava pesquisando para adquiri-la.

    Com essa configuração consegui observar ambas faixas equatoriais com total nitidez, sem oscilações e sem restar dúvidas. Também pude perceber distinções nas regiões polares, porém essas mais sutilmente.
    Essa configuração de equipamento proporciona 83x de ampliação. De modo que as luas galileanas estavam presentes no campo de visão (embora uma delas estivesse oculta pelo planeta nesse horário) e também apresentaram bastante brilhantes e estáveis, em termo de imagem.

    Parte disso acredito que se deva ao sistema catadióptrico que reduz as aberrações cromáticas, e apresenta o contorno dos astros perto da perfeição, em comparação com outras observações anteriores realizadas com um refrator acromático (que também é um bom equipamento, consegue bons feitos, principalmente considerando seu custo x benefício, mas que em alvos muito brilhantes pode tender a apresentar um pouco de aberração cromática para um dos lados).
    Dessa vez não tentei realizar registro fotográfico. Optei em reservar a noite para a observação.


    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    Bruno
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 59
    Data de inscrição : 14/11/2016

    Re: Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  Bruno em Dom Fev 05, 2017 9:52 pm

    Olá JonasJ, aproveitando a ausência de aberrações no seu 5" gostaria de sugerir que caso possua oculares compatíveis (de menor distância focal), tente utilizar ampliações maiores ao observar Jupiter ou algo entre 150x a 200x com bom seeing, e depois nos relate.

    Bruno


    _________________
    Refrator acromático vintage AZ Tasco 40mm F/18
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 60mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ OKK (Dan Beam) 76.2mm F/16.4
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 10k 80mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ dubleto "uncoated" Jaegers 103mm F/15.4
    Refletor newtoniano dobsoniano 135mm F/9.8
    Refletor newtoniano dobsoniano 200mm F/6
    Binóculo Octans 7x50
    Binóculo Expanse 10x50
    Binóculo Starguider 10x60
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 146
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Re: Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  JonasJ em Seg Fev 06, 2017 8:54 pm

    Bruno escreveu:
    Olá JonasJ, aproveitando a ausência de aberrações no seu 5" gostaria de sugerir que caso possua oculares compatíveis (de menor distância focal), tente utilizar ampliações maiores ao observar Jupiter ou algo entre 150x a 200x com bom seeing, e depois nos relate.

    Data 06.02.2017 - Início da observação 01h05, Término 01h35 - São Paulo
    Altura: 25° à 32°
    Oculares: 10mm (150x),  6mm (250x)

    Seeing razoável, com momentos de oscilação moderada porém com outros estáveis. Visibilidade, sem nuvens, porém apenas estrelas mais expressivas aparentes. Condições acima da média dos últimos dois meses em São Paulo.

    Ocular de 10mm (150x) - Nesta observação a vasta região Polar Norte se apresentou bastante nítida (foram minhas primeiras observações dessa região What a Face ), com uma coloração areia, mais clara do que as faixas equatoriais. 
    Igualmente para a zona temperada e tropical Norte, que em minha observação fundiram-se (já que não consegui identificar a faixa temperada norte entre elas), bastante claras, e separando da faixa equatorial norte.
    Faixas equatoriais muito bem visíveis e separadas entre si. GMV não presente.
    Na Região Sul a imagem oscilava um pouco, eventualmente uma faixa oscilava na imagem, de modo que não consegui identificar se seria a região polar Sul ou a faixa temperada, mais provavelmente acredito que seria a faixa temperada sul.
    Certamente 150x de ampliação rendeu a melhor observação de Júpiter. Após isto tentei a 6mm (250mm) mas houve muita perda de contraste.


    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    Bruno
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 59
    Data de inscrição : 14/11/2016

    Re: Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  Bruno em Qui Fev 23, 2017 9:51 pm

    JonasJ escreveu:
    Catadióptrico de 5"
    Altura: 25° à 32°
    Oculares: 10mm (150x),  6mm (250x)
    Seeing razoável, com momentos de oscilação moderada porém com outros estáveis. Visibilidade, sem nuvens, porém apenas estrelas mais expressivas aparentes. Condições acima da média dos últimos dois meses em São Paulo.
    Ocular de 10mm (150x)  
    para a zona temperada e tropical Norte, que em minha observação fundiram-se (já que não consegui identificar a faixa temperada norte entre elas), bastante claras, e separando da faixa equatorial norte. 
    150x de ampliação rendeu a melhor observação de Júpiter. 

    Olá Jonas J, aproveitando o seu tópico e como Jupiter se aproxima para mais uma oposição, e dessa vez mais favorável já que está cruzando o meridiano mais próximo do zênite ou mais ao sul, alterei um pouco o título para incluirmos aqui relatos de outros colegas.
    Tenho acompanhado através de observações visuais esse planeta há uns 15 dias, aproveitando um seeing excepcional aqui na região rural onde eu moro (estimado no mínimo em 9 na escala Pickering, com os anéis de difração das estrelas mais brilhantes e o disco do planeta oscilando levemente a cada 10 ou 15 minutos). 
    Eu estava com a mesma dúvida que a sua quanto às faixas temperadas sul e norte (NTeB e STeB). Testei com diferentes aparelhos, um refrator acromático Dan Beam 76.2mm F16.4, um Tasco de 80mm F15 e um Jaegers de 103mm F15.4, porém foi com esse último que creio ter tirado a dúvida. Não costumo comparar astrofotos com as imagens visuais que as oculares me entregam, mas eu procurei observar detidamente Jupiter num intervalo de 2 dias dando especial atenção aos dois alvos, para assim encontrar no disco do planeta os mesmos acidentes registrados na sua astrofoto.
    Observando Jupiter durante a madrugada com os refratores de 76.2mm e 80mm, a faixa eq. norte (NEB) se mostrou um pouco mais grossa que o habitual e com escurecimentos nítidos, algumas ondulações nas bordas com duas manchas ovais escuras (DOS) visíveis ao sul na faixa, uma de cada lado do meridiano central MC do planeta. 
    A zona temperada de fato se mostrava com uma coloração semelhante à da areia tal qual vemos aqui na terra, e aparentemente na sua borda sul onde deveríamos encontrar a faixa temperada norte, dava para notar apenas um escurecimento com ampliações entre 120x e 140x. 
    Eu precisava de mais abertura, F e ampliações, então parti para o dubleto acromático Jaegers de 103mm F15.4 com ampliações variando entre 150x (ocular 10mm), 175x (adaptador + ocular 0.965" 9mm DF Vasconcelos/1950), 197x (Vixen NPL 8mm) e 262x (WA 6mm). 
    Mesmo com 150x já comecei a perceber uma linha mais escura ao norte da borda norte da zona temperada norte (NTeZ). Elevei o refrator 4.1/8" para 175x e a faixa temperada norte (NTeB) ficou visível, assim como também a zona temperada norte. 
    De fato a faixa eq. norte está com boa largura, um pouco mais escura que o habitual, e a zona temperada norte dá a impressão de ser a continuação dessa faixa subindo para o norte, mas a zona termina numa linha tênue (a faixa temperada norte), e que a cada dia parece estar ficando um pouco mais evidente. 
    Quanto à faixa temperada sul (STeB) ela está bem próxima da zona polar sul (SPZ), com a zona temperada sul "espremida" entre a faixa temperada sul e a borda norte da zona polar sul.
    Resumindo, visualmente eu constatei a presença no disco das duas faixas temperadas (sul e norte), e a zona temperada norte mais escurecida ou amarelada, se comparada com as outras zonas que se mostravam com uma coloração âmbar.
    Continuarei observando, principalmente por querer esclarecer uma dúvida pois ao longo do tempo venho suspeitando que as duas faixas temperadas se formam de maneiras diferentes, a temperada sul aparece e desaparece independente da faixa eq. sul, já a faixa temperada norte certos dias parece se posicionar bem próxima da borda norte da faixa eq. norte (NEB) e fundir-se com ela, e a zona tropical norte (NTrZ) parece desaparecer ao adquirir uma coloração mais escurecida. Mas pode ter certeza de que as duas faixas temperadas estão visíveis. 


    Bruno


    Última edição por Bruno em Sex Fev 24, 2017 6:07 pm, editado 1 vez(es)


    _________________
    Refrator acromático vintage AZ Tasco 40mm F/18
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 60mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ OKK (Dan Beam) 76.2mm F/16.4
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 10k 80mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ dubleto "uncoated" Jaegers 103mm F/15.4
    Refletor newtoniano dobsoniano 135mm F/9.8
    Refletor newtoniano dobsoniano 200mm F/6
    Binóculo Octans 7x50
    Binóculo Expanse 10x50
    Binóculo Starguider 10x60
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 146
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Re: Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  JonasJ em Sex Fev 24, 2017 3:05 pm

    Bruno, muito interessante. Seria interessante também se mais alguém estivesse observando o Planeta para cruzarmos com mais uma opinião.
    Em relação a parte que você se refere a "duas manchas ovais escuras".
    Eu havia consultado pelo Stellarium que haviam dois satélites (nenhum dos galileanos) em trânsito pelo planeta no momento da foto.
    Descartei a possibilidade de qualquer relação das manchas escuras com os satélites por estarem fora do alcance de magnitude do equipamento. Porém considerando que a projeção em um eclipse, por triangulação, possa gerar uma superfície da penumbra maior, poderia ser um duplo eclipse?
    Ou ainda alguma perturbação na atmosfera do planeta pela passagem de satélites naturais mais próximos?

    Enfim, vou consultar o stellarium  (não o tenho instalado aqui) para confirmar quais os satélites eram.
    Se coincidem com as posições das manchas. Além disso talvez consiga outro registro em horário um pouco diferente, para verificar o deslocamento.


    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    Bruno
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 59
    Data de inscrição : 14/11/2016

    Re: Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  Bruno em Sex Fev 24, 2017 8:19 pm

    JonasJ escreveu:
    1- Em relação a parte que você se refere a "duas manchas ovais escuras".
    Eu havia consultado pelo Stellarium que haviam dois satélites (nenhum dos galileanos) em trânsito pelo planeta no momento da foto. 
    Descartei a possibilidade de qualquer relação das manchas escuras com os satélites por estarem fora do alcance de magnitude do equipamento. Porém considerando que a projeção em um eclipse, por triangulação, possa gerar uma superfície da penumbra maior, poderia ser um duplo eclipse? 
    2- alguma perturbação na atmosfera do planeta pela passagem de satélites naturais mais próximos? 
     1- Nas bordas da faixa equatorial norte (com maior frequência na borda sul), ciclones e anticiclones formam vórtices observados e fotografados como nodosidades, sendo os de coloração escura (ciclones) os que dão origem às Manchas Ovais Escuras ou DOS (Dark Oval Spot), já os anticiclones formam os vórtices que dão origem às Manchas Ovais Brancas ou WOS (White Oval Spot).
    De fato durante os trânsitos as sombras das luas deslizam pelo disco mais ou menos próximas da linha do equador e das faixas equatoriais de Jupiter, porém essas duas manchas escuras na borda sul da faixa eq. norte na sua astrofoto são velhas conhecidas minhas. Além disso as sombras das luas são negras e perfeitamente circulares.
    Já vi mais de uma vez uma das luas de Jupiter passar em frente à outra, e talvez por um processo de triangulação levando em conta o ângulo de incidência da luz solar no disco do planeta, as sombras de duas ou três talvez até pudessem coincidirem ao serem projetadas na capa de nuvens que cobre esse mundo, mas certamente não foi esse o caso.
    Geralmente essas nodosidades nas bordas das faixas equatoriais, estão do lado oposto em relação à GMV. Às vezes elas vem junto com a GMV, mas quando esta não está visível na maioria das vezes elas são os alvos mais proeminentes. 
    2- Os satélites de Jupiter estão a distâncias muito grandes para exercerem algum efeito significativo ou para chegar a esse ponto, além disso o tamanho deles é nada em relação ao de Jupiter.
    Mas um fato interessante que eu sempre observo em relação a uma das luas que está emergindo por detrás após uma ocultação, ou saindo no limbo pela frente após um trânsito. À medida em que o pequenino disco da lua vai saindo da frente do disco, ou quando ela vai se "descolando" do limbo de Jupiter por onde ela está saindo ou entrando, o limbo do planeta naquele lugar parece sofrer temporariamente um estranho efeito de "amassamento".
    Vou continuar firme nas observações sempre que a atmosfera permitir, e vou colocando aqui os meus relatos. De fato será muito interessante realizarmos observações conjuntas. Alguns acreditam que a observação visual não tem o mesmo valor de uma captura de uma astrofoto com a última CCD lançada no mercado. O olho humano é hemisférico e o sensor é plano, existem determinados detalhes em comprimentos de ondas que são registrados pelos olhos mas não aparecem nas astrofotografias, e vice versa. Pude comprovar isso fazendo observações conjuntas com dois colegas (Conrado Seródio e Avaní Soares), ambos astrofotógrafos de grande competência e reputação.
    Sendo assim conto com mais astrofotos e relatos seus e dos outros colegas. No dia em que você tirou aquela astrofotografia eu estava observando aquelas nodosidades ou vórtices escuros nas bordas das duas faixas equatoriais. A diferença estava na coloração pois enquanto o seu sensor registrou a uma tonalidade marrom castanho nas faixas, meu olho observava as mesmas faixas e acidentes porém com uma coloração cinza-grafite no refrator acromático 103mm F15.4, já no 76.2mm F16.4 eu já vejo a NEB e a SEB com um tom mais castanho, certamente devido ao F proporcionalmente mais longo do 3".


    Bruno


    _________________
    Refrator acromático vintage AZ Tasco 40mm F/18
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 60mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ OKK (Dan Beam) 76.2mm F/16.4
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 10k 80mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ dubleto "uncoated" Jaegers 103mm F/15.4
    Refletor newtoniano dobsoniano 135mm F/9.8
    Refletor newtoniano dobsoniano 200mm F/6
    Binóculo Octans 7x50
    Binóculo Expanse 10x50
    Binóculo Starguider 10x60
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 146
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Re: Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  JonasJ em Sex Fev 24, 2017 8:55 pm

    É verdade, as manchas são muito grandes e irregulares para serem eclipses.
    Mas será que mesmo uma perturbação gravitacional pelo trânsito delas também estaria descartado? Porque é muita coincidência, veja o momento da foto no stellarium. As luas são Métis e Amalteia, a primeira e a terceira luas mais próximas do globo.



    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    Bruno
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 59
    Data de inscrição : 14/11/2016

    Re: Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  Bruno em Sex Fev 24, 2017 10:55 pm

    JonasJ escreveu:
    será que mesmo uma perturbação gravitacional pelo trânsito delas também estaria descartado? 
    Porque é muita coincidência, veja o momento da foto no stellarium. As luas são Métis e Amalteia, a primeira e a terceira luas mais próximas do globo.


    A única perturbação causada pela interação gravitacional entre Jupiter e por exemplo a sua lua Io, foi a constatação de um aumento de temperatura no satélite e um efeito de maré na sua crosta. 
    No momento a luz solar chega até Jupiter no sentido leste - oeste, nesse caso as sombras das luas não seriam projetadas diretamente abaixo delas. Com o refrator de 103mm F15 eu consigo a proeza de observar a lua passando diante do disco de Jupiter, uma esfera minúscula de coloração âmbar, e que quando desliza sombre o fundo claro como o de uma zona quase desaparece de vista, porém a sua sombra é perfeitamente circular e negra. Nunca observei alguma sombra projetada logo abaixo de uma lua e nem sobreposta à de outra, mas isso não quer dizer que não possa ocorrer, vai depender do ângulo de incidência da luz solar. Creio que caso isso acontecesse ainda assim a velocidade de deslocamento dela pelo disco não é a mesma dos acidentes nas faixas, não é difícil de constatar observando com um simples retículo na ocular que comparada a alguns acidentes próximos, a velocidade de deslocamento da sombra varia com a distância do satélite ao planeta.
    Na imagem abaixo dá para perceber algumas manchas ovais escuras na borda norte da faixa eq. norte:



    Exemplo de projeção da sombra da lua, e manchas ovais escuras no disco:




    Bruno


    _________________
    Refrator acromático vintage AZ Tasco 40mm F/18
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 60mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ OKK (Dan Beam) 76.2mm F/16.4
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 10k 80mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ dubleto "uncoated" Jaegers 103mm F/15.4
    Refletor newtoniano dobsoniano 135mm F/9.8
    Refletor newtoniano dobsoniano 200mm F/6
    Binóculo Octans 7x50
    Binóculo Expanse 10x50
    Binóculo Starguider 10x60
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 146
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Re: Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  JonasJ em Dom Fev 26, 2017 12:39 pm

    Com certeza Bruno, agora ficou totalmente clara as diferenças, não há nenhuma relação das ovais escuras com os trânsitos de satélites. Também procurei outro registro aqui com meia hora de diferença, e as posições das manchas e dos trânsitos não coincidem sempre. Vamos em frente, aguardando aqui novas oportunidades de observações e registros.


    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 146
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Sombra de Io

    Mensagem  JonasJ em Sab Mar 11, 2017 4:14 pm

    Agora sim, um registro da sombra de Io em Júpiter.
    Durante essa madrugada fiz uma observação de Júpiter com 125x de aumento, sem muita pretensão pois havia muita nebulosidade, porém notei um ponto negro muito pequeno insistentemente sobre a faixa equatorial norte de Júpiter.

    Neste momento Júpiter estava em torno de 72° de altura. Poucas vezes tive a oportunidade de realizar observações tão altas devido a limitação de observar através de janelas.

    Infelizmente o satélite Io não ficou visível. Na fotografia sua sombra ficou um pouco ovalada, mas acredito que seja apenas imperfeição da captura ou do processamento, que esse fator não gere dúvidas de que se trata realmente da sombra de Io. Se alguém tiver alguma observação para fazer fique a vontade.





    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 146
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Re: Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  JonasJ em Dom Mar 12, 2017 8:56 am

    Complementando, desta vez sei que a sombra se trata do satélite Io porque, além do que já falamos, ser um ponto bem escuro, delineado e arredondado, também consultei o Stellarium e o aplicativo simula a sombra do satélite. Esse aplicativo é realmente impressionante de completo.
    Infelizmente não consegui pegar o satélite em si, que estava em trânsito pelo globo do planeta, aparentemente o brilho do planeta o ofuscou.


    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 146
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Re: Júpiter oposição 2017- Relatos de Observações.

    Mensagem  JonasJ em Dom Mar 12, 2017 2:16 pm

    Como hoje é domingo, estava aqui descansando um pouco, estava brincando com o processamento de outros arquivos.
    Esse aqui havia feito na mesma data do anterior, 10 minutos depois, com mais exposição tentando captar os satélites no campo de visão.


    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50

      Data/hora atual: Ter Jul 25, 2017 11:37 pm