.


    Astronomia Pastoril - O que é?

    Compartilhe
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 147
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Astronomia Pastoril - O que é?

    Mensagem  JonasJ em Qui Jan 12, 2017 3:24 pm

    O que é?
    Alguém poderia escrever uma introdução?
    Grato. Um abc.


    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    ZelvisCch
    Curioso
    Curioso

    Mensagens : 53
    Data de inscrição : 19/11/2016
    Idade : 45
    Localização : Ribeirão Preto, SP

    Re: Astronomia Pastoril - O que é?

    Mensagem  ZelvisCch em Sex Jan 13, 2017 11:41 am

    Deve ser algo relacionado a Pastor, então, conclui que deve ser algo relacionado a previsões astronômicas relacionadas a Bíblia.


    _________________
    Nome Evandro

    Telescópio 
    Sky-Watcher 70/900 EQ-1
    Binóculo 
    Bushnell Falcon 10x50

    Blogs
    GRARP - Grupo de Astronomia de Ribeirão Preto

    Zelvis Astrônomo Amador

    YouTube
    O Astrônomo Amador

    Meu limite é o infinito.
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 147
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Re: Astronomia Pastoril - O que é?

    Mensagem  JonasJ em Sex Jan 13, 2017 12:23 pm

    Eu imaginei que pudesse ter relação com o ato de pastorear, conduzir o gado, então imaginei que poderia ter a ver com acompanhar, e observação metódica por determinado período.
    Mas é só uma hipótese, não encontrei referências. Como alguém colocou um tópico, alguém aqui certamente sabe responder.


    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    Bruno
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 59
    Data de inscrição : 14/11/2016

    Re: Astronomia Pastoril - O que é?

    Mensagem  Bruno em Sex Jan 13, 2017 6:02 pm

    Olá pessoal, desculpem a minha longa ausência mas estou voltando aos poucos. O Lunário e Prognóstico Perpétuo é um livro impresso por Jerônimo Cortês para a computação dos tempos, e numa seção trata de prognósticos relativos à correlação entre a observação e previsão dos fenômenos atmosféricos baseados em observações feitas por homens que passaram a vida se expondo às intempéries. O Tratado de Astronomia Rústica e Pastoril é muito útil para lavradores, pastores e navegantes. Em outro momento me estenderei sobre o assunto, porém para exemplificar podemos por exemplo ler na seção de "Sinais de vento pela Lua": "Quando a Lua aparecer amarela e tiver algum círculo violeta, significa que haverá tempestade, granizo e raios".

    Bruno


    _________________
    Refrator acromático vintage AZ Tasco 40mm F/18
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 60mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ OKK (Dan Beam) 76.2mm F/16.4
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 10k 80mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ dubleto "uncoated" Jaegers 103mm F/15.4
    Refletor newtoniano dobsoniano 135mm F/9.8
    Refletor newtoniano dobsoniano 200mm F/6
    Binóculo Octans 7x50
    Binóculo Expanse 10x50
    Binóculo Starguider 10x60
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 147
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Re: Astronomia Pastoril - O que é?

    Mensagem  JonasJ em Sab Jan 14, 2017 12:54 am

    Acredito então que o trecho abaixo tenha relação com o tema:

    "A sucessão dos períodos de chuvas e de seca, determinando os períodos de semeadura e colheita, levou o homem primitivo a adotar intervalos de tempo mais longos. Daí surgiu a ideia das estações.
    Foi observando o deslocar das estrelas que o homem primitivo teve a ideia de associar o aspecto noturno do céu às variações meteorológicas. Assim, diferentes conjuntos de estrelas no céu passaram a significar sinais de uma nova estação climática.
    Para memorizar os diferentes aspectos no céu, o homem ajuntou as estrelas em agrupamentos aparentes de estrelas, as constelações, designando-as com os nomes dos personagens e animais de sua mitologia. Para melhor facilitar a retenção destas constelações a memória, era conveniente associa-las entre si a uma história de cunho popular.

    Daí surgiu a astrolatria, que conduziria mais tarde à astrologia, um avanço maior em relação à mera ação contemplativa da adoração, pois era uma atividade que envolvia, além da adoração, uma vaga noção de previsão.
    A astrologia, que visava inicialmente a prever as estações do ano para fins agrícolas, associava a cada constelação qualidades e poderes. Desse modo, a constelação de Aquário, o aquadeiro, estava ligada à figura do homem que entornava a água, ou seja, à chuva, com a qual vinha a época da enchente do rio Nilo; no Egito, as terras ao longo do rio se tornavam mais férteis. Por este motivo, o aparecimento de Aquário no céu acabou associando à fertilidade, a uma época de abundância.

    O conhecimento do movimento do céu deu ao homem primitivo a ideia do poder: conhecendo os momentos do nascimento ou do pôr do sol e das estrelas, era possível prever as condições de semeadura e colheita, e desse modo influenciar economicamente a vida e o bem-estar dos componentes de sua tribo.
    Surgiram os sacerdotes, homens cultos com conhecimentos empíricos da observação do céu, que, para manterem o poder evocavam os deuses da velha astrolatria associada a astrologia. Serviam-se dos seus conhecimentos do movimento dos astros para amedrontar e dominar.
    Assim surgiu a astronomia megalítica. O astrônomo da pré-História distribuía os menires em alinhamentos ou círculos que serviam como marcos indicadores, referências dos mais importantes pontos do horizonte, como, por exemplo, as posições do nascer e ocaso do sol, da lua e das estrelas mais brilhantes no decorrer do ano.
    Com estes monumentos de pedras, instituíram-se os primeiros observatórios lunares e solares. O mais célebre deles, o Stonehenge, na Inglaterra.(...)"

    trecho de "O livro de Ouro do Universo" - Ronaldo R  Mourão.


    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    Bruno
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 59
    Data de inscrição : 14/11/2016

    Re: Astronomia Pastoril - O que é?

    Mensagem  Bruno em Dom Jan 15, 2017 9:42 pm

    JonasJ escreveu:Acredito então que o trecho abaixo tenha relação com o tema:

    "A sucessão dos períodos de chuvas e de seca, determinando os períodos de semeadura e colheita, levou o homem primitivo a adotar a ideia das estações.

    Foi observando o deslocar das estrelas que o homem primitivo teve a ideia de associar o aspecto noturno do céu às variações meteorológicas. Para melhor facilitar a retenção destas memória, era conveniente associa-las entre si a uma história de cunho popular.

    conhecendo os momentos do nascimento ou do pôr do sol e das estrelas, era possível prever as condições de semeadura e colheita, e desse modo influenciar economicamente a vida e o bem-estar."

    trechos de "O livro de Ouro do Universo" - Ronaldo R  Mourão.
    Olá JonasJ, esses 3 trechos de autoria do Mourão além da citação das enchentes do rio Nilo, tem a ver com a Astronomia Rústica e Pastoril, porém o restante não tem correlação como nos exemplos da Astrolatria e da Astrologia.
    Basicamente a Astronomia Rústica e Pastoril foi inicialmente um conhecimento adquirido e compartilhado entre gerações, com o intuito de até determinado ponto prever com o máximo de acerto possível quais serão as condições climáticas a curto, médio e longo prazo mediante a contemplação dos tipos de nuvens presentes no céu, a intensidade e a direção do deslocamento delas pela ação dos ventos e jatos de ar dependendo da altitude em que se encontram, vários sinais pela Lua e pelo Sol, as variações na intensidade da cintilação das estrelas e etc ... . Esta habilidade foi desenvolvida por pessoas que viveram ou vivem ao ar livre, como os "matutos" que encontramos vivendo isolados nas zonas rurais, ou nos velhos marinheiros que aprenderam a "ler" o tempo observando as nuvens ao longe na linha do horizonte marítimo, ou de acordo com o furor dos ventos e das ondas, ou ainda no "mar liso" que precede e indica uma calmaria. O lavrador que ao abrir o primeiro sulco ou cova, já sabe que naquela época o céu dá sinais de que a chuva virá naturalmente fazer germinar à semente plantada. Meteorologistas profissionais não desprezam essas observações, ao contrário, aliados à esse conhecimento "popular" adquirido na prática observacional da atmosfera  as tecnologias atuais como as imagens por satélites e radar, formam quadros cada vez mais completos para o entendimento do funcionamento do clima. Assim a tão esperada chuva pode ser anunciada por algum tipo de fenômeno relacionado à lua como um halo, ou ao tipo de nuvem trazida pelo vento e por aí vai.
    Como exemplo, podemos ler no Lunário Perpétuo em "Sinais de serenidade pela Lua":

    _" Se a lua tiver as pontas agudas e resplandecentes por 3 dias, antes ou depois da conjunção, oposição ou quarto, denota que haverá serenidade por todo aquele quarto".
    _" Se a Lua no quarto dia tiver as pontas delgadas e muito resplandecentes, indica serenidade por toda aquela Lua".
    _" Se a Lua à hora do seu nascimento estiver clara e sem nuvens ao redor, significa que haverá serenidade".
    _" Se a Lua tiver ao seu redor alguns círculos ou halos, e eles forem brancos, amarelos ou avermelhados denotam também serenidade".



    Bruno


    _________________
    Refrator acromático vintage AZ Tasco 40mm F/18
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 60mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ OKK (Dan Beam) 76.2mm F/16.4
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 10k 80mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ dubleto "uncoated" Jaegers 103mm F/15.4
    Refletor newtoniano dobsoniano 135mm F/9.8
    Refletor newtoniano dobsoniano 200mm F/6
    Binóculo Octans 7x50
    Binóculo Expanse 10x50
    Binóculo Starguider 10x60
    avatar
    JonasJ
    Astrônomo Amador
    Astrônomo Amador

    Mensagens : 147
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Localização : São Paulo

    Re: Astronomia Pastoril - O que é?

    Mensagem  JonasJ em Seg Jan 16, 2017 2:55 pm

    Olá.
    Bruno, entendo que esteja orientando o que seria mais relacionado e portanto mais pertinente e adequado ao debate aqui fórum. Entretanto, comentando a título de curiosidade, creio que o que o autor coloca como astrologia tenha relação com o tema, porque segundo o entendimento do autor em outros trechos do livro inclusive, o que era chamado de astrologia, nos primórdios, era algo bem diferente do que temos hoje, a grosso modo era, pelo que entendi, seria justamente o conhecimento astronômico primitivo aplicado na prática no favorecimento da agricultura.


    _________________
    skywatcher maksutov-cassegrain 127mm F/12
    astro-tech AT65EDQ refrator apocromático quadruplet 65mm F/6
    EQ3-2 | zwo asi120mc | canon T1i | binóculos expanse 10x50
    avatar
    Bruno
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 59
    Data de inscrição : 14/11/2016

    Re: Astronomia Pastoril - O que é?

    Mensagem  Bruno em Seg Jan 16, 2017 4:41 pm

    JonasJ escreveu:pelo que entendi, seria justamente o conhecimento astronômico primitivo aplicado na prática no favorecimento da agricultura.
    A Astronomia Rústica Pastoril tem a ver com a interpretação dos fenômenos atmosféricos e de seus efeitos como por exemplo nas formas e aspectos da Lua e do Sol, dos halos com o nº e as cores ao redor de ambos, a intensidade da cintilação das estrelas e etc... , e não em relação à posição destes astros como requer por exemplo a Astrologia.
    De fato a astronomia foi aplicada nas práticas agrícolas porém antes do aparecimento de Claudio Ptolomeu. Até àquela época a Astrologia e a Astronomia eram indissociáveis tanto que o famoso e notório astrônomo Johannes Kepler era astrólogo, e só à partir do século 18 é que a Astrologia foi oficialmente removida do meio acadêmico. Até o momento presente nenhum estudo científico realizado confirmou a eficiência da Astrologia para fazer previsões quanto ao tempo ou ao clima.
    A análise preditiva precisa recorrer a determinadas técnicas específicas, pois a comparação da posição dos planetas num determinado momento e as "Direções de Arco" ou o Arco Solar, mesmo estando de posse do grau exato da posição em que o Sol estava no firmamento ou em qual constelação numa determinada data e horário, ainda assim não bastam para estabelecer as correlações necessárias com o processo de formação e deslocamento das massas de ar, a condensação e a formação de nuvens e o volume das precipitações. Mesmo sujeitas a variações as formações climáticas são cíclicas e podem de ser acompanhadas, propiciando assim a possibilidade de prevermos a evolução do sistema cada vez mais dinâmico que compõem a atmosfera.
    Esse conhecimento astronômico primitivo aplicado na prática e no favorecimento da agricultura ganhou ênfase com os egípcios, fazendo uso de práticas agrícolas associadas à astronomia como o aparecimento de determinadas constelações no firmamento e de estrelas como Sirius, sendo que as construções eram de cunho hidráulico visando o aproveitamento das águas do rio Nilo.


    Bruno


    _________________
    Refrator acromático vintage AZ Tasco 40mm F/18
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 60mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ OKK (Dan Beam) 76.2mm F/16.4
    Refrator acromático vintage EQ Tasco 10k 80mm F/15
    Refrator acromático vintage EQ dubleto "uncoated" Jaegers 103mm F/15.4
    Refletor newtoniano dobsoniano 135mm F/9.8
    Refletor newtoniano dobsoniano 200mm F/6
    Binóculo Octans 7x50
    Binóculo Expanse 10x50
    Binóculo Starguider 10x60

    Conteúdo patrocinado

    Re: Astronomia Pastoril - O que é?

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Dez 16, 2017 5:03 am