Olá amigos.
Esse não seria o tópico correto, mas achei que é o que mais se aproxima do assunto.
Sabemos que os refletores de foco curto sofrem com o efeito do coma. Esse "defeito" é visível na borda da imagem, principalmente em oculares de baixo custo, e faz com que as estrelas situadas nessa área fiquem deformadas parecendo pequenos cometas. Algumas oculares até conseguem atenuar esse efeito, não por completo, ficando a imagem aceitável. Mas elas normalmente cobram um alto custo por esse benefício e algumas chegam a ser proibitivas para a maiorias dos usuários, principalmente aqui no Brasil.
Também nas astrofotografias acontece o mesmo efeito, e as vezes é necessário cortar parte da imagem para não estragar o resultado final. Também é possível corrigir o problema no Photoshop, mas nem sempre o resultado e as vezes nem vale a pena. A solução definitiva é inserir um corretor de coma, e ele funciona para observações visuais e astrofotos. Existem vários modelos disponíveis, e após uma pesquisa resolvi comprar o Mark III da Baader pois chequei a conclusão que era o que oferecia o melhor custo benefício. Domingo passado fiz um teste e pude comprovar o quanto ele é eficiente.
Nas fotos abaixo é possível ver como o corretor de coma atua. Observe as estrelas situadas no canto superior esquerdo. Na primeira foto sem o corretor, elas têm um formato de pequenos cometas, totalmente deformadas. Na segunda foto o uso do corretor deixou as estrelas perfeitamente redondas e pontuais.